ola

Menu

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Abelhas e Marcenaria caminham de mãos dadas.

(Figura 1)  Caixa contendo "ranhura" para varetas
É isso mesmo !!!
Abelhas e Marcenaria caminham de mãos juntas. Não tem como separar isso, para criarmos ASF precisamos de caixas racionais bem construidas e projetadas de tal forma que facilite o manuseio e ao mesmo tempo ofereça proteção e conforto para o enxame.

Para alcançarmos isso, lançamos mão do recurso fabuloso que é a madeira, material ideal para fazer a "casinha" das abelhas e usamos nosso conhecimento adquirido sobre Marcenaria, a arte de lidar com a madeira. A Marcenaria é uma arte muito bonita.
(Figura 2) Peça marcada para fazer a ranhura


Aqui vou focar como construir aquelas "ranhuras" para alojar a parte de baixo e as varetas de cada modulo ( parte extensora das caixas ).

Na figura 1 podemos ver como as varetas e a parte do fundo de cada modulo estão afixadas dentro das ranhuras.

A figura 2 mostra a madeira já cortada na altura certa de cada modulo e aproveitamos para marcar a peça inteira. Isso facilita muito, pois quando estivermos construindo a ranhura, ela será feita em toda a parte da peça para depois ser cortada.
(Figura 3 ) Ajustando a altura da lamina da serra


Na figura 3 mostro o momento em que faço o ajuste da profundidade da ranhura. Basta regular a lamina de tal forma que ela penetre apenas alguns centimetros na madeira ( a profundidade é você que vai determinar ).

Na pratica não fazemos a ranhura muito profunda, pois comprometemos a resistencia da caixa.
Uma profundidade de 3 mm já é o suficiente.




(Figura 4)  Serra circular fazendo a ranhura

Na figura 4 a serra circular está fazendo a ranhura propriamente dita. Observe que a peça em que está recebendo a ranhura, tem uma largura de 7 cm, é uma área pequena para a sapata da maquina. Para contornarmos esse inconveniente, usamos uma especie de suporte na lateral da peça. Usamos uma madeira de mesma espessura e encostamos ao lado da peça a ser trabalhada.  Com isso temos espaço na mesma altura para que a serra circular possa deslisar sobre a madeira.

Porém se você tiver uma mesa com serra circular, esse processo fica muito mais facil. O que estou mostrando aqui é uma das formas de se conseguir fazer a ranhura.  Existem outros recursos, o escopo dessa postagem é mostrar como fazer a ranhura.
(Figura 5) Peça contendo as ranhuras

A figura 5 mostra as peças contendo as ranhuras prontas. Depois temos que lixar para deixar a madeira mais lisa e isenta das pequenas rebarbas que ficam durante o processo de faricação da ranhura.

Feito isso, o proximo passo é medir a madeira e cortar no tamanho certo para fazer as partes extensoras da caixa INPA.  Nesse exemplo, as partes foram cortadas para confecção de caixa  para Mandaçaia.



(Figura 6) Peça já cortada no tamanho certo
Vejam  na figura 6 as peças já cortadas e contendo as ranhuras para acomodar as varetas e o fundo.

Depois é só colar as partes, esperar secar e pregar para dar mais firmesa e segurança.

Se for pregar, não esqueça de fazer furo aprofundado para depois pregar e em seguida tampar com um pedaço de madeira roliça.

Por fim dê uma boa lixada na caixa e aplique uma camada de tinta não toxica (tinta à base de agua) ou verniz.

É isso pessoal, nessa postagem procurei mostrar como fazer as famosas ranhuras para alojar as varetas. Espero que tenha conseguido transmitir um pouco de conhecimento de marcenaria, voltada para a Meliponicultura.

4 comentários:

  1. Boa tarde Pivoto, qual o tipo de cola que vc usa para colar as varetas?

    Grato,

    Fábio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fabio.
      Uso cola para madeira, como a area a ser colada é pequena e não fica exposta às abelhas, não tras nenhum impacto na vida social das mesmas.
      Ou seja, uso cola comum para madeira.

      Grande abraço e muito sucesso pra você.

      Excluir
  2. Olá,
    Sou do RS e estou começando na criação de ASF, mas só tenho uma colmeia de Mirim. Eu aprecio essa atividade, mas me falta dinheiro para comprar uma de suas matrizes, pois não tenho idade para trabalhar(13 anos). Gostaria de saber se há a possibilidade de você me enviar um enxame fraco,para que eu possa ter uma colmeia de Meliponini.
    Grato,
    Elias Moschen

    ResponderExcluir
  3. Olá Elias;

    Amigão, no momento não despacho as abelhas por transporte, justamente para não estressa-las.
    Peço a gentileza de acessar meu site:
    http://calopsita.onlinewebshop.net/mapa.html

    Clique no Estado do RS, lá você vai encontrar alguns Meliponicultores já cadastrados que inclusive estão mais perto de você e o processo de envio das caixa não será tão traumatico.

    Veja abaixo os Meliponicultores do RS:
    Meliponicultores de: RS

    Cidade Nome Detalhes
    Tucundua Egon Guilherme Sturm
    ver
    Horizontina Ernane Reisner
    ver
    Nova Roma do Sul J.Cataclism
    ver
    Bento Gonçalves Marcos Alberto Alberton
    ver
    Canoas e São S. do Caí MARCOS BRÜCKMANN
    ver
    Bento Gonçalves Ozeas Cardoso de Aguiar
    ver

    ResponderExcluir

Deixe sua mensagem.