ola

Menu

domingo, 18 de novembro de 2012

Divisão da Partamona Hallery

[Figura-1] Enxame de Partamona Hellery ( Boca de Sapo )
No dia 15/11/2012 ( Feriadão ) aproveitei para fazer a multiplicação da famosa Partamona Hallery, mais conhecida por Boca de Sapo, Cupira Preta.  Muitos a confundem com a Irapuã.

A sua defesa se fundamenta em "grudar", "enrolar", "beliscar" as vitimas que tentam perturbar o seu convivio diario.

É um enxame que possui muitas individuos ( abelhas ) e ao manusear a caixa, é preciso ter um aparato ( chapeu com tela transparente ) e camisa de manga comprida sem botão.


[Figura-2] Caixa sendo preparada para a divisão
Como estava fazendo a divisão sozinho, não consegui manusear a máquina fotografica, pois no momento da divisão as mãos ficam impregnadas com cera e residuos da colmeia, sendo inviavel tocar em qualquer equipamento eletronico, pois os mesmos vão ficar "sujos" com fragmentos de cera e para limpar depois é terrivel.  Mas por sorte, minha esposa conseguiu tirar algumas fotos quando as abelhas já estavam mais calmas. O interior da caixa e o ninho não foram fotografados.

O ninho estava bem grande e com muitos discos de crias novas e nascentes, também continham bastante realeiras, contem 4 realeiras.

[Figura-3] Entrada da caixa nova
Depois que encontrei as realeiras que precisava para a divisão, parei de procurar, pois não precisava mais.

Sempre é bom fazer um planejamento antes da divisão, procurando providenciar as ferramentas / acessorios necessários para garantir o sucesso da divisão ( martelo, formão, baldes, fita crepe, caixas vazias e prontas, e, outros ).

Relembrando: 
quanto menos tempo demorar durante a divisão, melhor.

[Figura-4] Entrada da caixa mãe ( matriz )
Na figura-2 podemos ver alguns dos acessorios proximos da caixa que vai ser dividida, temos que garantir pleno sucesso na divisão.


Na figura-3 podemos ver como as abelhas já estão se comprometendo na confecção da entrada da nova caixa, caixa filha. Já na figura-4 temos a entrada pronta e formada na caixa mãe. Por isso que essa abelha tem o apelido de "Boca de Sapo", pois sua entrada é bem semelhante a boca do sapão.



[Figura-5] Caixa filha no lugar da caixa mãe
E como de costume, a caixa filha vai para o lugar da caixa mãe e a caixa mãe vai para um lugar um pouco distante da posição original (a distancia entre a caixa mãe e filha  vai depender de lugar para lugar ). Na figura-5 vemos a caixa filha já posicionada no lugar da mãe.


[Figura-6] Entrada da caixa nova em construção







Na figura-6 podemos apreciar a entrada da caixa nova já sendo construida, depois de 3 dias após a divisão.  Essas abelhas são excelentes polinizadoras, elas não produzem mel, a quantidade de mel é bem pouca, pelo menos na minha regão é assim.

O ninho ( involucro ) é muito ressecado e ao ser manuseado, simplesmente se tornam quebradiços, se esfarelam durente o manuseio.

A entrada da caixa nova foi projetada com abertura de 1,5 cm, porém para facilitar a proteção contra os forideos, fiz uma redução com madeira roliça e com entrada de 1 cm. Quando a familia estiver forte, posso até retirar essa redução, porém a entrada será destruida, creio que não farei isso, vou deixar como está e fazer acompanhamento, caso seja necessário, então farei.

5 comentários:

  1. Meu amigo Lúcio!!

    Parabéns pela postagem!Sou um admirador das partamonas,pois elas são bem rústicas,produtoras,numerosas e valentes,rsrs.

    A P.hellery é uma das mais conhecidas do país,pois habita por muitas regiões desse Brasil.
    Por aqui por João pessoa,temos delas e sempre admiro e estudo seus comportamentos e suas particularidades.Elas são uma ótima fonte de pesquisas...

    Abraço.
    Paulo Romero.
    Meliponário Braz.

    ResponderExcluir
  2. fiz uma divisão da minha comeia de Boca de Sapo , dividi sem realeiras , como a Uruçu . Será que ela divisão terá exito ?
    Cleber em Abreu e Lima PE

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cleber;
      Essa espécie de abelha, Partamona Hallery ( Boca se Sapo ) pertence a familia trigonini e precisa de realeira para surgir nova rainha. Portanto em uma divisão é impressindivel a presença da realeira dentro da caixa nova.
      Abçs

      Excluir
  3. Fiz a alguns dias uma divisão da minha comeia de Boca de Sapo , a colônia estava muito forte , entretanto não achei realeiras , mas mesmo assim fiz como se faz com as Uruçus . Será que a minha divisão obterá êxito ?

    ResponderExcluir
  4. Gostaria de saber o tamanha da caixa mãe e da caixa filha.
    Quantos centímetros tem cada mim mande uma descrição e imagem ai gostei do seu trabalho e manda o vídeo amostrando elas dentro da caixa

    ResponderExcluir

Deixe sua mensagem.