ola

Menu

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Arco Iris, um espetáculo no céu

[Figura-1]  Arco Iris
Neste final de semana estava eu indo a uma festa de aniversário e no caminho dentro do condominio avistei esse espetaculo no céu, onde não pude deixar de registrar.

São momentos únicos e não vemos isso acontecer todos os dias, são raros, mas acontecem.  E como estamos cercados de aparatos eletronicos cheios de recursos ( aparelho celular ), fica facil de registrarmos esses acontecimentos inesperados.




[Figura-2] Arco Iris no horizonte
Diz a lenda que no final do Arco Iris existe um pote cheio de ouro.  Bem que podia ter mesmo, um achado desses ficaria muito contente.

Vamos a uma definição do que é esse fenomeno:

O arco-íris é um fenômeno óptico que se forma em razão da separação das cores que formam a luz solar. Ele pode ser observado sempre que existirem gotículas de água suspensas na atmosfera e a luz solar estiver brilhando acima do observador em baixa altitude ou ângulo, ou seja, ele pode acontecer durante ou após uma chuva. Esse acontecimento ocorre em razão da dispersão da luz.

[Figura-3] Visto das ruas do condominio
Dispersão é o fenômeno que causa a separação de uma onda em vários componentes espectrais.

A luz do sol é uma onda de luz branca formada por várias cores, quando essa luz incide sobre uma gota de água os raios luminosos penetram nela e são refratados, sofrendo assim a dispersão. O feixe de luz colorido, dentro da gota, é refletido sobre a superfície interna da mesma e sofre novo processo de refratação, motivo que provoca a separação das cores que um observador consegue ver. É evidente que essa dispersão ocorre com todas as gotas de água que estiverem na superfície recebendo a luz proveniente do Sol.

[Figura-4] Mais foto do Arco Iris
O arco-íris não existe, trata-se de uma ilusão de óptica cuja visualização depende da posição relativa do observador. É importante salientar que todas as gotas de água refratam e refletem a luz da mesma forma, no entanto, apenas algumas cores resultantes desse processo é que são captadas pelos olhos do observador.
Por Marco Aurélio da Silva
Equipe Brasil Escola

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua mensagem.