ola

Menu

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Caixa racional para Mandaçaia:

Caixa modelo INPA completo
Para a criação da abelha Mandaçaia, utilizamos um modelo de caixa racional INPA, que já é utilizada por muitos Meliponicultores, e vem dando excelente resultados.

As dimensões da caixa:
Ninho: 15 x 15 cm ( largura interna ), 9 cm altura
Extensão: 15 x 15 cm ( largura interna ), 7 cm altura
Melgueira: 15 x 15 cm ( largura interna ), 7 cm altura
Tabua com 2,5 cm espessura

Clique aqui para ver a caixa em uso ( enxame de Mandaçaia ).


                                                                             
Caixa INPA Mandaçaia vista por dentro
                                                                                                      Como a Mandaçaia é uma abelha menos populosa, tem menos indivíduos ( comparado com a Uruçu Nordestina ), usamos a parte do ninho, uma extensão e uma melgueira. Como o mdelo INPA possui o famoso quadrado no fundo da parte de extensão, isso ajuda a Mandaçaia a depositar os potes de polem e mel, fato esse que facilita muito no processo de divisão de enxames. Nas próximas caixas, estarei colocando varetas na parte superior da extensão, mantendo o mesmo alinhamento da parte inferior, pois tenho observado que durante o manejo ( multiplicação), os potes de mel e polem se rompem, devido os mesmos estarem "grudados" no fundo da parte imediatamente superior. Na foto ao lado, temos duas partes de extensão, somente uma parte é o suficiente.  Caso o enxame esteja muito forte, e vendo que há a necessidade de dar mais espaço, então acrescenta-se mais uma extensão.


Extensão vista por dentro
Parte extensora:
Quanto à parte extensora,não há muito segredo, na foto ao lado podemos ver o seu formato, olhando de frente. Para o encaixe do quadrado, faz-se um guia na madeira para servir de encaixe.








Extensão vista pelos fundos
                                                                                       Novamente temos a parte extensora, agora vista pelos fundos. Geralmente deixamos 5 mm entre o sulco e a parte final da tabua, se ficar com espessura menor, corre-se o risco de rachar / lascar a tabua.








Entrada da caixa para Mandaçaia
A entrada da colmeia:
Na foto ao lado temos uma visão da entrada da colmeia de Mandaçaia. O furo é confeccionado com 1 cm de diâmetro, pois a entrada e saída das abelhas é uma por vez, isso se justifica pelo fato de que as mesmas desenvolvem uma melhor proteção, pois qualquer intruso terá que passar por esse "buraquinho" e obviamente vão encontrar um guarda para dar um "cacete" nele. É sabido que as Mandaçaias costumam colocar barro em volta da entrada, fica com aquele famoso "rajado", característica da especie. O furo fica em diagonal, melhorando mais ainda a proteção para elas.

Melgueira vista de cima
                                                                                            Melgueira:
A parte destinada à melgueira, não é diferente das demais caixas racionais, tem o fundo com espaço nas laterais para que as abelhas possam circular livremente, e as varetas na parte superior, cuja finalidade é de evitar que os potes de mel "grudem" na tampa superior.
Geralmente as Mandaçaias não gostam de fazer os potes de mel nas melgueiras, elas confeccionam ao lado do ninho e nas partes do quadrado da parte extensora. Costumo colocar um plastico na parte da melgueira e lacrar com fita crepe. Quando for fornecer alimento, basta levantar uma ponta desse plastico e com um tubinho, coloca-se o alimento dentro do recipiente que já está lá dentro com os devidos "gravetos". Os gravetos evitam que as abelhas se afoguem durante o processo de alimentação.

Caixas de Mandaçaia e Uruçu Nordestina
Na foto ao lado temos a colmeia já contendo uma divisão ( caixa menor é de Mandaçaia, a maior é de Uruçu Nordestina ). A mesma foi instalada ao lado da colmeia de Uruçu Nordestina.
A caixa foi pintada com verniz na parte esterna, isso faz com que a mesma tenha uma durabilidade maior, tendo em vista que ela está exposta ao tempo, sofrendo com as condições climáticas ( sol, chuva ).
Também forneci um pequeno telhado, feito de resto de madeira ( aproveito tudo, pois madeira é madeira, é natureza, uma árvore foi derrubada para que virasse tabua ). O telhado também foi envernizado para dar maior durabilidade. Minhas colmeias ficam integradas junto à natureza, no meio das plantas, arvores, dessa forma consigo dar às abelhas uma condição de habitat bem natural. O pasto apícola é bem farto, evitando dessa forma ter que alimentar os enxames constantemente, onde as abelhas não ficam "preguiçosas", pois elas vão até a fonte de alimento na própria naturesa.

26 comentários:

  1. Caro Lucio,parabenizo-le pela bela caixa para as amigas sem ferrão,gostaria de saber de voçê quais as abelhas nativas aqui do Ceará,estou interessada em adquiri-las e gostaria de ter aquelas que já são do local,desde já te agradeço a ajuda,forte abraço.
    Ligia

    neu email:lpsls@hotmail.com

    ResponderExcluir
  2. Excelente, vc mesmo que constroi as caixas? São necessárias muitas ferramentas? Abraços.
    Roger Leal
    lealcampos@gmail.com

    ResponderExcluir
  3. Parabéns! São necessárias muitas ferramentas para construção da própria caixa? Abç.
    Roger Leal
    lealcampos@gmail.com

    ResponderExcluir
  4. preciso fazer a divisão de uma mandaçaia que está numa caixa com comprimento externo de 29 cm...vc tem caixa nesta dimensão? vc as vende?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu posso produzi-las para a venda. Quanto vc paga?

      Excluir
  5. Olá Fernando;
    O ideal pra a Mandaçaia é usar caixas com dimensões de 15x15 cm internamente. Outra caixa qualquer com dimensões maiores, vai sobrar espaço para elas.
    O modelo INPA é bem funcional e pratico.
    Abçs

    ResponderExcluir
  6. olá amigo, qual madeira vc utiliza para construir suas caixas?

    ResponderExcluir
  7. tenho uma dúvida, tenho várias mandaçais em troncos, e gostaria de passa-lás para a caixa, a minha dúvida é ... qdo aberto e pronto para passar para a caixa, coloco na parte de baixo os ninhos coloco os discos de criae na parte de cima melguéira, coloco alguns favos de mel para abelha saberem q lá é o local para o depósito de mel. outra dúvida é se posso fornecer cera essa comprada para ajudar na instalação na nova colméia... gostaria de trocar idéia !! meu email e msn é ptpoeta@hotmail.com.. abçs

    ResponderExcluir
  8. tenho dúvida em relaçao a ventilação, não vi nem um furo.

    Fabiano

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luiz;
      A caixa para Mandaçaia não tem furo para ventilação, não é necessário.
      Existe apenas o furo de entrada.
      Abçs.

      Excluir
  9. ola, tenho dúvida em relação a ventilação, não vi os furos na tua caixa.

    ResponderExcluir
  10. qual madeira vcs usaram nessa caixa

    ResponderExcluir
  11. qual madeira vcs usaram para fazerem essa caixa

    ResponderExcluir
  12. qual madeira vcs usaram nessa caixa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oá Lucas;
      Atualmente estamos usando a madeira TAUARI, é uma madeira porosa e com um custo mais baixo, não tem cheiro.

      Abçs

      Excluir
  13. Lucio,, bom dia.
    Gostaria de saber por quanto você vende uma colônoia de mandaçaia.
    Essa espécie é de fácil manuseio?
    Segue meu e-mail para contato: renato.o.farias@bol.com.br

    ResponderExcluir
  14. Lúcio, boa tarde.
    Gostaria de saber se você vende e se a resposta for sim por quanto uma colônia de mandaçaia?
    lcmelenchon@gmail.com

    ResponderExcluir
  15. Muito bom, bem explicado , agradeço

    ResponderExcluir
  16. Oi Lucio, boa tarde

    Você saberia me dizer se não há problemas de consanguinidade em criar uruçus nordestinas na região Sudeste? O que devo fazer para evitar isto? Ter umas duas caixas de locais diferentes é suficiente?


    Obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Leandro !
      Não tem problema nenhum com relação a consanguinidade na criação de abelhas da especie uruçu nordestina.
      O que precisa fazer é conseguir pelo menos duas ou tres caixas dessa especie, mas de lugares diferentes, para que ocorra cruzamento entre elas.
      Na região sudeste, existem muitos enxames espalhados, sendo criadas por meliponicultores.
      Abçs

      Excluir
  17. Boa noite, vc envia o enxame pelo correio?

    ResponderExcluir
  18. Boa noite,vc entrega enxame pelo correio?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Allan !
      Obrigado pelo contato.
      Amigo, os enxames tem que ser retirados no local.
      Despacho caixas vazias para serem utilizadas.
      abçs

      Excluir
  19. Como faço para adquirir esse modelo de caixa em Belo Horizonte - MG?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola;
      Na cidade de Belo Horizonte, não vi ninguem comercializando esse modelo.
      Caso tenha interesse, envio por correio.
      Se precisar é so entrar em contato no meu email:
      luciopivoto@hotmail.com
      Grande abraço e muito sucesso pra você.

      Excluir

Deixe sua mensagem.